sábado, setembro 06, 2014

o capitão consensual


até nisto o espanhol pôs ordem. um capitão tem de estar sempre perto do árbitro e tem que ser alguém com um comportamento que não permita ao "juiz" tratá-lo com menoridade.

finalmente, acabamos com os "filmes" de ter um guarda-redes ou um desequilibrado emocional como capitão e entregámos a braçadeira de capitão de equipa a quem Paulo Fonseca já disse ter sido "o melhor profissional com quem trabalhou até hoje". assunto encerrado, senhores, não façam mais filmes.

Sem comentários:

Enviar um comentário