sábado, agosto 08, 2015

Última chamada


Doze clubes representados em nove anos de carreira e cerca de 47 milhões de euros em transferências depois, temos um italo-argentino de fraca produtividade e demasiados problemas disciplinares (agrediu o colega José Fonte num treino, mas também Erik Lamela na Roma e Mauro Icardi em Milão) para a nossa frente. Em modo “caixeiro-viajante”, contratamos um ponta-de-lança talentoso, potencialmente forte na finalização e no passe mas um enigma. Tem talento e nunca escondeu a vontade de emular Gabriel Batistuta. Oxalá consiga copiar-lhe, muitas vezes, a celebração do golo (metralhadora) na sua última oportunidade...

Sem comentários:

Enviar um comentário