segunda-feira, agosto 15, 2016

Rafa & Olivier, lembretes e raspanetes



Sem pretender diminuir a importância que a velocidade e o futebol directo do Rafa podem ter no nosso Porto, agora que o Braga accionou a opção de compra sobre a parte da Gestifute, ficando com 80% do passe, sinal claro de que a venda vai ser feita até 31/8 e possivelmente ao nosso clube, convirá recordar o que disse o nosso Presidente há um ano: "Se vale 20 milhões, se calhar o Gonçalo Paciência ou o Ricardo Pereira valem 25 milhões. E o Ivo Rodrigues valeria 20. Esses é que resolveram jogos. Valorizar um não titular em 20 milhões, não. Não vamos entrar em loucuras."

E, já agora, convirá, também, pedir aos jornalistas que andam a traduzir o castelhano da Marca, jornal que anuncia Oliver a caminho do Porto, que os 18 milhões não são o preço. É ler, senhores. 

2 comentários:

  1. Leio na Bola que os 50% que Jorge Mendes detinha por oito milhões de euros, os ‘bracarenses’ ainda não pagaram é que seria o porto a pagar em prestações. Mas como é que se aciona uma opção de compra sem se pretender pagar logo?

    ResponderEliminar
  2. Eu acho que vale bem a cláusula. Quem a sua atuação na supertaça percebeu que não existem muitos jogadores capazes de fazer aquilo em Portugal. Refiro-me ao modo como recebeu um passe longo, do outro lado do campo, controlando a bola perfeitamente e no movimento imediato “deu um nó” no defesa esquerdo espanhol e o retirou da jogada. Que não se gaste dinheiro em merdas!

    ResponderEliminar